Acessibilidade


Aguarde, carregando...

x

O primeiro nome do município foi Mamoré, de origem indígena. O segundo, Pau Lascado, porque as casas eram feitas de madeira lascada. O terceiro, Jardim Florida, pois existia muito café, matas e flores. Cruzmaltina foi uma homenagem aos padres que trabalharam no município, originários da ilha de Malta. A primeira capela foi construída em 1956 com madeira lascada e cobertas de tabuinhas. A primeira professora foi Dona Julieta e a segunda Dona Maria. Como não havia escola, Dionísio Lopes cedeu um cômodo de sua casa para servir de sala de aula. Os primeiros moradores de Cruzmaltina foram: Ferdinando Trizotto, Milton Fogaça, Valdemar Ernani, Lúcio de Freitas entre outros.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cruzmaltina, pela Lei Estadual n.º 7.225, de 17-10-1979, subordinado ao município de Faxinal. Em divisão territorial datada de 1988, o distrito de Cruzmaltina, figura no município de Faxinal. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1993. Elevado à categoria de município com a denominação de Cruzmaltina, pela Lei Estadual n.º 11.222, de 19-12-1995, desmembrado do município de Faxinal. Sede no atual distrito de Cruzmaltina. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997. Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.




Atualizado em 23/09/2022